Connect with us

8 curiosidades sobre a história e a vida de Dom Pedro II

História

8 curiosidades sobre a história e a vida de Dom Pedro II

Quais delas você já conhece?

Se estivesse vivo, D. Pedro II faria aniversário nesta quinta-feira (02). Primeiro e último imperador nascido no Brasil, foi ele quem governou o país por mais tempo, ficando no poder por quase 50 anos. Com uma história que se entrelaça com a de Petrópolis, decidimos reunir algumas curiosidades sobre o governante para celebrar sua figura.

Foto: Museu Histórico Nacional

1- D. Pedro II se tornou Príncipe Regente aos 5 anos de idade

Nascido no Palácio da Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, no Rio, D. Pedro II se tornou Príncipe Regente ainda criança. Sua mãe, a Imperatriz D. Maria Leopoldina, faleceu quando ele tinha apenas 1 ano e seu pai, D. Pedro I, abdicou do trono quando ele tinha pouco mais de 5 anos. Sendo assim, por regra e tradição, ele se tornou Príncipe Regente. Imagina a responsabilidade? Surreal.

Foto: Museu Imperial/Ibram/MinC

2- Pensa em um nome grande

O nome completo de D. Pedro II era Pedro de Alcântara João Carlos Leopoldo Salvador Bibiano Francisco Xavier de Paula Miguel Gabriel Rafael Gonzaga. Um pouco menor que o nome do seu pai, Alcântara Francisco António João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Cipriano Serafim de Bragança e Bourbon. Haja fôlego!

3- Apreço pela ciência

Conhecido por seu amor à arte e à ciência, D. Pedro II fazia questão de conhecer e se corresponder com grandes escritores e intelectuais, como Victor Hugo, Friedrich Nietzcsche, Louis Pasteur – inventor do telefone, e até o naturalista Charles Darwin. O imperador se tornou membro de importantes sociedades de pesquisa, como a Royal Society, da Inglaterra; a Academia de Ciências da Rússia; as Reais Academias de Ciências e Artes da Bélgica; a Sociedade Geográfica Americana; e a Académie des Sciences, da França.

4- E também pela astronomia

Talvez você não saiba, mas o Dia Nacional da Astronomia é comemorado aqui no Brasil na mesma data do aniversário de Dom Pedro II. Apaixonado pela observação de astros, ele mantinha um observatório privado no terraço de seu palácio, um laboratório e, quando no exterior, não perdia a chance de visitar observatórios. Em seus cadernos, sempre fazia suas próprias anotações.

Foto: Reprodução/Olhar Digital via Sociedade Astronômica da França

5- Fez do Brasil o 2º país no mundo a ter linha telefônica

Encantado pelas Exposições Universais, Dom Pedro II patrocinava os estandes brasileiros, que participavam dos eventos com produtos agrícolas e máquinas fabricadas no país. Em 1876, na Exposição da Filadélfia, ele conheceu Alexander Graham Bell e, com isso, ajudou a impulsionar uma invenção que revolucionaria as comunicações. Tornando-se amigos, em menos de um ano o Brasil se tornava o 2º país do mundo a ter uma linha telefônica.

6- É considerado o 1º fotógrafo brasileiro

E por falar em pioneirismos, Dom Pedro II é tido como o primeiro fotógrafo do Brasil. Tendo adquirido um daguerreótipo aos 14 anos de idade, ele se tornou um entusiasta da fotografia, ajudando a difundi-la no país. Depois de ser banido, com a Proclamação da República, o imperador doou à Biblioteca Nacional seu acervo com nada menos que cerca de 25 mil fotos.

Foto: Acervo FBN

7- Fascinado por sorvete

Conta-se que, aos 8 anos, Dom Pedro II foi um dos primeiros brasileiros a experimentar uma iguaria que tinha acabado de chegar ao Brasil de 1834: o sorvete. Segundo relatos orais, o apreço pela sobremesa foi tamanho que ele teria até contraído laringite. O tratamento teria afetado permanentemente suas cordas vocais fazendo com que, apesar de sua altura de quase 2 metros de altura, tinha voz fina.

8- Foi “candidato” à presidência dos EUA

Por fim, mas definitivamente não menos intrigante, Dom Pedro II chegou a receber votos para presidente dos Estados Unidos. Primeiro líder brasileiro a conhecer o país, ele fez sua viagem à América em 1876 – ano em que haveria campanhas para a eleição do ano seguinte. Momento de euforia, a história que se conta é a de que um homem teria escrito à The New York Herald uma piada lançando a chapa de Dom Pedro II para presidente.

Foto: Reprodução/Aventuras na História

A ideia era evidenciar o cansaço da população com candidatos comuns e a vontade do povo por um novo estilo. Segundo o jornalista Sebastião Salgano, Pedro II teria, de fato, recebido votos nas cédulas da eleição. A maior parte deles na Filadélfia. Já pensou?

E aí? Conhece mais alguma curiosidade sobre Dom Pedro II? Conta pra gente nos comentários =)

Continue Reading

Você também vai gostar

Subir