Connect with us

10 trilhas diferentes das convencionais e com um visual incrível em Petrópolis

Lazer

10 trilhas diferentes das convencionais e com um visual incrível em Petrópolis

Apesar de pouco conhecidas pelos petropolitanos, todas elas têm paisagens paradisíacas.

Formada por mais de 200 trilhas, Petrópolis recebe cerca de 150 mil pessoas por ano entre maio e setembro, que vêm em busca exclusivamente de contato com as montanhas e das belezas naturais do município.

Mesmo com a pandemia da Covid-19 e com os parques naturais fechados, o ecoturismo tem sido a opção de lazer dos petropolitanos e visitantes que chegam na cidade em busca de um refúgio natural.

Como as trilhas mais conhecidas e de fácil acesso têm ficado cheias, convidamos os guias da Guapo Adventure Turismo para reunir aqui 10 trilhas diferentes das convencionais e com um visual incrível em Petrópolis.

Mas antes… Vale lembrar!

– Não faça trilhas sozinho, sem conhecer o local. Vá com alguém que conheça o caminho;

– Faça trilha em dias em que não há previsão de chuva;

– O uso de máscara e o distanciamento mínimo de 1,5 m são obrigatórios durante a pandemia. Cuide de você e do próximo!;

– De forma alguma faça fogueira; é crime ambiental;

– Recolha todo o seu lixo. Preserve a nossa natureza!

1. Pedra do Cortiço

Localizada no bairro São Sebastião, a trilha para a Pedra do Cortiço, também conhecida como Morro do Cortiço, é considerada leve e uma das mais fáceis da cidade. Do seu cume, pode-se avistar o conjunto de montanhas de Petrópolis, Serra dos Órgãos, Baía da Guanabara e a Floresta da Tijuca no Rio de Janeiro.

Veja também > Saiba como chegar até a Pedra do Cortiço; subida leva menos de uma hora

Foto Arquivos Guapo Adventure Turismo

Tempo médio de caminhada: de 45 minutos a 1 hora (ida)

Extensão: 1.500 metros

Atitude máxima: 1.121 metros

Grau de dificuldade: leve/moderado

2. Morro dos Palmares

Localizada em Araras, a trilha do Morro dos Palmares é boa para quem está começando a praticar o trekking e busca novos desafios com o nível de dificuldade moderado. O percurso tem vários trechos de elevação e mais técnicos, onde é preciso fazer uma pequena escalada. A primeira parte da trilha é em mata fechada e a outra metade em mata aberta. Chegando no cume, a recompensa é um vista linda para as montanhas da região, incluindo a imponente Maria Comprida.

Foto Arquivos Mala de Aventuras

Tempo médio de caminhada: 2h30 á 3h (ida)

Extensão: 3.000 metros

Atitude máxima: 1528 metros

Grau de dificuldade: leve/moderada

3. Pedra de Itaipava

A trilha da Pedra de Itaipava tem uma vista magnífica do início ao fim e com um visual 360° no cume.

Foto Instagram @thamires_peixoto

Tempo médio de caminhada: 2h a 2h30 (ida)

Extensão: 2.500 metros

Atitude máxima: 1.369 metros

Grau de dificuldade: leve/moderado

4. Pedra Comprida de Araras

Pedra Comprida de Araras, também conhecido como CEP 70, é uma trilha moderada com bastante exposição ao sol (pouca sombra). Situada na divisa dos distritos de Araras e Vale das Videiras, seu cume tem uma vista fantástica de 360° de um trecho da ReBio Araras, do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, o Vale das Videiras e algumas cidades como Cebolas, Paty do Alferes e Miguel Pereira, além das montanhas da região.

Foto Arquivos Guapo Adventure Turismo

Tempo médio de caminhada: 2h30 a 3h (ida)

Extensão: 3.500 metros

Atitude máxima: 1.742 metros

Grau de dificuldade: leve/moderada

5. Taquaril – Maria Antonieta

A trilha começa pelo sítio Girassol da Laje, após o circuito dos caminhos do Brejal, e durante o percurso você pode apreciar uma beleza natural incrível. Ao longo do caminho, pode-se notar o “mapa do Brasil”, esculpido naturalmente em uma das pedras, e um visual encantador no cume.

Foto Instagram @fealvaristo

Tempo médio de caminhada: de 2hrs a 3hrs (ida)

Extensão: 2.000 metros

Atitude máxima: 1.869 metros

Grau de dificuldade: Moderada

6. Tapera do Morin

Tapera do Morin é um grande bloco rochoso que divide os bairros Caxambu, Morin e a Bartolomeu de Gusmão no centro da cidade de Petrópolis. Com uma vista espetacular de todo centro histórico e todas as Montanhas ao redor do centro da cidade, também podemos avistar boa parte da Travessia Cobiçado x Ventania, seus picos e ter uma visão belíssima do PARNASO (Parque Nacional da Serra dos Órgãos). A trilha se inicia no bairro Caxambu passamos pelo mirante Flávio Cavalcante e logo depois iniciamos uma subida pela lateral da pedra com um visual incrível.

Foto Arquivos Guapo Adventure Turismo

Tempo médio de caminhada: 3h a 4h (ida)

Extensão: 4.000 metros

Atitude máxima: 1355 metros

Grau de dificuldade: leve/moderada

7. Pedra da Cuca

Ótima trilha na região do Vale das Videiras, com vista para os municípios de Paty do Alferes e Miguel Pereira. De um lado, um mar de pequenas montanhas lindas dessas cidades e do outro lado, algumas montanhas de Petrópolis. Trilha leve/moderada, e um pouco íngreme. Além de fazer a trilha, é possível curtir a cachoeira da Ponte Funda, que fica bem próxima ao local.

Foto Arquivos Guapo Adventure Turismo

Tempo médio de caminhada: 2h a 3h (ida)

Extensão: 4.500 metros

Atitude máxima: 1701 metros

Grau de dificuldade: Leve/Moderada

8. Pedra do Elefante

O Monumento Natural Pedra do Elefante (MONAPE) está localizado nas áreas rurais do Taquaril e do Brejal. Pertencente ao distrito da Posse, em Petrópolis-RJ, ele ocupa uma área de 542,79 hectares na Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro.  A Pedra do Elefante é formado pela Jacuba maior e Jacuba menor. O visual surpreende pela grandiosidade desta montanha de granito.

Foto Arquivos Pessoas Trio Trilhas

Tempo médio de caminhada: 3h a 4h (ida)

Extensão: 4.000 metros

Atitude máxima: 1.569 metros

Grau de dificuldade: Moderado/Pesado

9. Maria Comprida 

Localizada no distrito de Araras, em Petrópolis, a Maria Comprida é uma das montanhas mais desafiadoras de Petrópolis, e um ícone para os montanhistas. Considerada um dos maiores monólitos do Brasil, ela conta com uma trilha de nível técnico pesado e muitos lances de corda para chegar ao seu cume. Além disso, ela guarda muitas lendas e histórias da época do Império.

Foto Arquivos Guapo Adventure Turismo

Tempo médio de caminhada: 3h30 a 5h (ida)

Extensão: 2.600 metros

Atitude máxima: 1926 metros

Grau de dificuldade: Pesada

10. Trilha da Mensagem

A Pedra do Mensagem está localizada entre os distritos de Araras e Secretário, e a trilha até lá é considerada moderada, com cerca de 2,5 km e 1.438 de altitude do cume. A recompensa é uma belíssima vista 360º para a serra de Araras, para os distritos de Secretário, Posse, Pedro do Rio e Itaipava e para as montanhas do PARNASO.

Foto Arquivos Guapo Adventure Turismo

Tempo médio de caminhada: de 1h45 a 2h (ida)

Extensão: 2,5km

Atitude máxima: 1.438 metros

Grau de dificuldade: moderado

A Guapo Adventure Turismo é formado por experientes guias de atrativos naturais e, acima de tudo, apaixonados pelas montanhas. Eles oferecem serviços de guiamento para trekking, montanhismo e rapel. Para mais informações sobre trilhas em Petrópolis e agendar um passeio guiado entre em contato com:

Guia André Vasconcellos – (24) 992047713
Guia Luana Manhães – (24) 988077721
Guia Álvaro Luz – (024) 988597124

E para você que quer começar com trilhas um pouco mais leves que essas, confira a matéria que preparamos com 15 lugares incríveis para ver o pôr do sol em Petrópolis

Veja também:

Esse post foi feito em parceria com a Guapo Adventure Turismo
Guapo Adventure Turismo no instagram
Continue Reading

Você também vai gostar

Subir