Connect with us

[Você sabia?] Petrópolis tem o único caso de onça com leucismo do mundo

Cidade

[Você sabia?] Petrópolis tem o único caso de onça com leucismo do mundo

Animal foi flagrado em 2013, no Parnaso, mas as primeiras imagens só foram divulgadas em 2018

A Mata Atlântica e suas belezas naturais são parte de Petrópolis desde a fundação da cidade. Com diversidade da flora e da fauna, a área de preservação do Parque Nacional da Serra dos Órgãos tem mais de 720 espécies, com 120 protegidas contra o risco de extinção, de acordo com o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio).

Petrópolis também tem no currículo, o registro da única onça com leucismo do mundo. O animal foi flagrado em 2013, no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso).

Foto: ICMBio/Monitora/Cronemberger et al 2018

Imagens divulgadas em 2018

Mesmo sendo avistada em 2013, foi apenas em 2018 que as imagens da onça foram divulgadas. Em 2019, o animal, que também pode ser chamada de Puma concolor, foi tema de um artigo científico.

O registro do animal foi feito por meio de armadilhas fotográficas do projeto de pesquisa: “Inventário e monitoramento de mamíferos de médio e grande porte no Parnaso”. Na época, o projeto foi coordenado pela pesquisadora Cecília Cronemberger de Faria.

Foto: ICMBio/Monitora/Cronemberger et al 2018

Animal “icônico”

O estudo sobre o animal teve como coautor o pesquisador Lucas Gonçalves que, no ano passado, publicou novas imagens do animal em seu perfil no instagram. Na legenda, ele disse que considera a onça-parda com leucismo como o animal “mais icônico da fauna brasileira”.

Foto: ICMBio/Monitora/Cronemberger et al 2018

À Sou Petrópolis, Lucas disse que todas as fotos do animal foram feitos em 2013 em quatro encontros e duas estações. “É um caso único e extremamente raro na natureza. Leucismo é uma característica geneticamente controlada e extremamente rara em animais em geral”, explica.

O pesquisador também contou que depois de 2013, as armadilhas fotográficas não registraram mais o animal na região.

Sobre leucismo

Segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o leucismo é uma alteração genética que causa a despigmentação dos pelos de parte ou todo o corpo do animal.

Ao contrário do albinismo, o ICMBio explica que o leucismo não afeta a íris e outras partes sem pelo no animal e não confere maior sensibilidade à luz do sol.

Este tipo de alteração também é raro em mamíferos, mas já houve registro em tigres e leões.

Veja também

Continue Reading

Você também vai gostar

Subir