Connect with us

6 formas de apoiar os negócios de Petrópolis em meio à crise do coronavírus

Petrópolis do bem

6 formas de apoiar os negócios de Petrópolis em meio à crise do coronavírus

A pandemia do novo coronavírus exigiu que todos os países tomem medidas drásticas para lidar com essa crise. Além de intensificar a higiene, ficar em casa, em quarentena, evitando contato com outras pessoas é essencial na diminuição do contágio da COVID-19. Em contrapartida, os pequenos e médios empreendimentos locais sofrem as consequências das ruas vazias.

Foto Reprodução Internet

Pensando nisso, reunimos aqui 6 formas de apoiar os negócios de Petrópolis em meio à crise do coronavírus. Mas lembre-se! Em todo caso, é preciso sempre seguir as medidas básicas de prevenção, descritas no final deste post.

1. Optar por pedir comida através do delivery de estabelecimentos locais

Muitos restaurantes de Petrópolis tiveram que se adaptar e estão oferecendo a opção do delivery. Portanto, além de dar preferência aos negócios locais, opte por ficar em casa e pedir comida desses restaurantes da cidade.

Foto Reprodução Internet

2. Dar preferência por comprar produtos em feiras livres

Há 103 anos funcionando em Petrópolis, as feiras livres empregam centenas de pessoas que dependem diretamente desse trabalho. Agricultores do Brejal, Caxambu, Bonfim e outros bairros são responsáveis por vender frutas, legumes, verduras nas mais de 327 barracas espalhadas pela cidade. Além de valorizar o trabalho dessas pessoas, as feiras são ao ar livre, diminuindo as chances de contaminação pelo COVID-19.

Foto Reprodução Internet

*O número de barracas da feira livre terá que ser reduzido em 50% a partir da próxima terça-feira. Os feirantes também terão que disponibilizar álcool gel nas barracas e toalhas de papel para uso dos clientes. O espaçamento entre as barracas também será maior. A divisão com relação as barracas será feita pela Associação dos Feirantes.

3. …Ou em quitandas, mercadinhos e padarias de seu bairro

Com a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) de evitar aglomerações e não sair de casa, as grandes redes de supermercado têm ficado muito cheias. Dando preferência aos mercadinhos e quitandas de bairros, além de ajudar esses negócios locais, você evita contato com muita gente.

Foto Divulgação Mercadinho Corrêas

4. Substitua ovos de Páscoa industrializados pelos artesanais dos pequenos produtores locais

Sabemos que a Páscoa já está logo ali e a produção dos pequenos empreendimentos locais está a todo vapor. Portanto, esse ano, opte por valorizar o que é da cidade, poque além dos produtos serem artesanais, não é preciso enfrentar filas nem lojas aglomeradas de gente.

Foto Reprodução Internet

5. Encomende a comida dos restaurantes e passe lá apenas para a retirada

Conhecido como “take away” entre os restaurantes, essa forma de vender nada mais é do que o famoso “levar para viagem”. Ou seja, você liga para fazer o seu pedido e retira no local. Assim, evita-se o contato direto com outras pessoas e aglomerações.

Foto Reprodução Internet

6. Priorizar por comprar em plataformas online da cidade

Muitas lojas de vestuário dos principais polos de moda de Petrópolis, como a Rua Teresa, já estão fazendo venda online, seja através do site da empresa ou através das redes sociais. O e-commerce é uma boa alternativa para quem está em quarentena.

Foto Reprodução Internet

Recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) para se prevenir do coronavírus:

– Evite sair de casa e ir a locais aglomerados e sem ventilação;
– Lavar as mãos com água e sabão com frequência e evitar levar as mãos aos olhos, nariz e boca;
– Quando não for possível lavar as mãos, usar o álcool gel 70º para a higienização;
– Não compartilhar objetos pessoais como toalha, copos, talheres, pratos e garrafas;
– Ao tossir ou espirrar, cobrir a boca e o nariz;
– Usar lenço descartável;
– Evitar contato próximo com pessoas com sintomas da doença.

Veja também: 18 medidas tomadas pelo governo para prevenir a disseminação do coronavírus em Petrópolis

Continue Reading

Você também vai gostar

Subir