Connect with us

11 dicas para um passeio bate e volta em Niterói

Lazer

11 dicas para um passeio bate e volta em Niterói

Lazer, natureza, cultura, história!

Na semana em que Niterói comemora 448 anos de fundação, a Sou Petrópolis te dá algumas dicas para um daqueles passeios que, ainda que rapidinhos, são aproveitados do início ao fim! Localizada a cerca de 1h30 de Petrópolis, a cidade de Niterói é um refúgio no Rio que reúne deslumbrantes paisagens e programas culturais. Em conversa com um morador de lá, reunimos algumas sugestões do que você não pode abrir mão quando em Niterói!

1- Parque da Cidade

O Parque da Cidade é parada obrigatória para quem quer desfrutar de uma vista panorâmica única da região que cerca Niterói. Localizado no Morro da Viração, o parque foi inaugurado em 1976 e é uma área de preservação ambiental do município a 270 metros de altura. De lá é possível avistar as Lagunas, Praias Oceânicas, os bairros de Niterói, a Baía de Guanabara em toda a sua extensão, parte do Rio de Janeiro e a Ponte Rio – Niterói.

Dica: o parque conta com duas rampas para a prática de voo livre, sendo muito frequentado pelos praticantes do esporte.

Fotos: Marcelo Paulo da Silva – Rodrigo Soldon – Site Trilhando Montanhas

Localização: Estrada da Viração, s/n° – São Francisco

Funcionamento: de terça a domingo, das 7h às 18h (entrada gratuita)

2- Costão de Itacoatiara

Trilha mais famosa de Niterói, o Costão de Iacoatiara fica no bairro de Itacoatiara, no Parque Estadual da Serra do Tiririca. A trilha é descrita como leve, apesar de demandar bastante atenção no finalzinho do percurso, quando a pedra se torna mais íngreme. Do topo do Costão, além de uma vista fantástica da Praia de Itacoatiara, também é possível avistar o Morro das Andorinhas, a Pedra do Cantagalo e, ao fundo, o Rio.

Fotos: Reprodução/Instagram @julianarpalma – @rqlaventureira – @monalisacosentino

Localização: R. das Rosas, 24 – Itacoatiara, Niterói

3- Complexo dos Fortes

Essa é aquela opção de passeio que une história, natureza e belezas arquitetônicas que atravessam séculos. Afinal, talvez você não saiba, mas Niterói abriga o maior complexo de fortes da América Latina. Lá, é possível visitar a Fortaleza de Santa Cruz, o Forte São Luiz e o Forte do Pico, por exemplo. Por causa da pandemia, procure previamente por cada um deles para verificar se estão abertos ou se houve alguma mudança no funcionamento.

Fotos: Iphan – Site Quanto Custa Viajar – Marianne Ximenes

Localização:

Fortaleza de Santa Cruz: Estr. Gen. Eurico Gaspar Dutra – Jurujuba, Niterói

Fortes do Pico e São Luiz: Estr. do Imbuí, s/n – Jurujuba, Niterói (fechado temporariamente devido à pandemia)

Funcionamento: 

Fortaleza de Santa Cruz: terça e sábado, das 10 às 17 horas

Fortes do Pico e São Luiz: fechado temporariamente devido à pandemia

4- MAC: Museu de Arte Contemporânea de Niterói

Símbolo de Niterói, o MAC é considerado uma das sete maravilhas do mundo em museus! Construído em 1996 pelo visionário arquiteto Oscar Niemeyer, o local é uma das paradas obrigatórias de quem visita a cidade. Uma curiosidade é saber que a iluminação externa do museu é feita com 36 faróis de avião que, quando acesos, dão a impressão de que o MAC está flutuando 10 metros acima das águas da Baía de Guanabara.

Fotos: Reprodução/Site ArcDaily (Luciane Belin) – Xpecial Design – Blog Jovem Pan

Localização: Mirante da Boa Viagem, s/nº – Boa Viagem, Niterói

Funcionamento: de terça a domingo, das 11 às 16 horas (entrada: R$ 12 – inteira, R$ 6 – meia)

5- BistroMAC

Quando no MAC, faça uma paradinha no bistrô que fica em seu subsolo! Como são poucas as obras que costumam ocupar as mostrar do museu, vale a pena esticar o passeio no restaurante. A gastronomia servida lá é internacional e servida com música suave ao vivo. Não é todo dia que você tem a chance de fazer uma refeição num marco arquitetônico com vista para a baía, né?

Fotos: Reprodução/Site a4arq.com.br

Localização: Subsolo Museu de Arte Contemporânea de Niterói Praça Mirante de Boa Viagem, s/n – Boa Viagem, Niterói

Funcionamento: de terça a domingo, das 9 às 18 horas

6- Jardim Botânico de Niterói

Mais conhecido como Horto Botânico ou Horto da Fonseca, o Jardim Botânico de Niterói ocupa uma área de quase 260 mil metros quadrados. Perfeito para uma relaxante caminhada à tarde, o local permite piqueniques e passeios no entorno de seus lagos artificiais. Um aspecto que merece ser destacado sobre o ambiente é o fato e abrigar a terceira maior pista de skate da América Latina.

Fotos: Reprodução/Instagram @deniselegentil

Localização: Alameda São Boaventura, 770 – Fonseca, Niterói

Funcionamento: de segunda a sábado, das 6 às 22 horas; domingo, das 8 às 22 horas

7- Caminho Niemeyer

Também de valor arquitetônico, cultural e histórico inestimável é o Caminho Niemeyer. Tido como um conjunto de equipamentos e centro cultural projetados por Oscar Niemeyer, o complexo de obras se estende por 11 quilômetros de extensão ao longo da orla da cidade, indo da Praça do Povo até a Estação do Catamarã. As visitas monitoradas acontecem de hora em hora, aos sábados, domingos e feriados, e são gratuitas!

Fotos: Reprodução/Site Grupo CCR – Prefeitura Municipal de Niterói

Localização: R. Jorn. Rogério Coelho Neto, s/n – Centro, Niterói

Funcionamento: sábados e domingos, das 9 às 18 horas

8- Theatro Municipal de Niterói

Inaugurado em 1842, o Teatro Municipal de Niterói passou por uma série de reformas ao longo dos anos, sendo reinaugurado em 1995 após restauração. A linda construção é citada por historiadores como um dos marcos inaugurais do teatro no Brasil. Desde 1827 funcionava no local uma pequena casa de espetáculos administrada pela Sociedade Filodramática da Praia Grande.

Fotos: Reprodução/Facebook Prefeitura Municipal de Niterói – Facebook Brazil Imperial

Localização: Rua Quinze de Novembro, 35 – Centro

Funcionamento: fechado temporariamente devido à pandemia

9- Solar do Jambeiro

Também conhecido como Palacete Bartholdy, o Solar do Jambeiro fica em São Domingos, Niterói, e foi originalmente construído em 1872 pelo comerciante português Bento Joaquim Alves Pereira. O espaço hoje funciona como um espaço cultural onde frequentemente acontecem exposições de artes plásticas, seminários, cursos sobre preservação e restauração de bens culturais, exibições de peças de teatro e música.

Fotos: Reprodução / Explore Niterói – Guia de Niterói – Museus do Rio

Localização: R. Pres. Domiciano, 195 – Ingá, Niterói

Funcionamento: de terça a sábado, das 10 às 18 horas

10- Da Carmine

Com 21 anos de tradição, os restaurantes Da Carmine são referência quando o assunto é a gastronomia italiana em Niterói. Fundados por um italiano, a proposta é oferecer a experiência autêntica de uma cantina. Os ambientes são rústicos e o paladar é muito bem comentado. Há diversas opções de massas – inclusive frescas, pra levar para casa – e de pizzas feitas no forno à lenha.

Fotos: Divulgação Da Carmine

Localização: 

Da Carmine Itaipu: Estrada Francisco da Cruz Nunes, 2687 – Itaipu

Da Carmine Icaraí: Rua Mariz e Barros, 305 – Icaraí

Empório del Gusto: Rua Mariz e Barros, 315 – Icaraí

Funcionamento:

Da Carmine Itaipu: segunda, de meio dia às 15 horas; de terça a domingo, das 11h30 às 23 horas

Da Carmine Icaraí: de domingo a domingo, das 11h45 às 23 horas

Empório del Gusto: terça, de meio dia às 23h30; quarta a domingo, de 08h30 às 23h30

11- CasaNova

Criação do chef António Casanova, natural de Póvoa de Varzim, em Portugal, o restaurante CasaNova é especializado na gastronomia portuguesa. Fundado em 2012, o local é, desde 2016, o restaurante mais bem avaliado de Niterói pelos clientes no TripAdvisor. Que tal? O passeio fica a pouco mais de uma hora de Petrópolis, mas a sensação é de ter cruzado mares.

Fotos: Divulgação/CasaNova

Localização: Av. Pres. Roosevelt, 139 – São Francisco, Niterói

Funcionamento: de terça a sábado, de meio dia às 22 horas; domingo, de meio dia às 16h30

Veja também:

Continue Reading

Você também vai gostar

Subir