Connect with us

8 lugares em Petrópolis para fazer uma boa ação nesse Natal

Petrópolis do bem

8 lugares em Petrópolis para fazer uma boa ação nesse Natal

Ajudar pode ser muito mais fácil do que você imagina!

Apesar das ações de caridade serem bem-vindas em qualquer época do ano, por que não aproveitar o espírito natalino para fazer o bem? Para muita gente, Natal é sinônimo de mesa farta, família reunida e presentes, mas para outros essa não é uma realidade possível. Pensando nisso e em como pequenas ações podem gerar grandes mudanças, listamos alguns lugares em Petrópolis para você fazer a diferença, embora haja outras inúmeras formas de fazer o bem. No final das contas, quem ajuda sempre sai ganhando.

1. Lar de Crianças Nossa Senhora das Graças

Foto Ilustrativa/Pinterest

O lar é uma entidade beneficente de assistência social que acolhe 24 crianças, de 0 a 12 anos, em situação de risco, vítimas de abusos físicos, psicológicos, sexuais e de negligência no ambiente familiar. É a única instituição mista do município de Petrópolis que tem como princípio não separar os irmãos. Seu principal objetivo é proporcionar assistência moral, material e educativa às crianças.

  • Como ajudar?

As principais carências da instituição de acolhimento são: alimentos, produtos de limpeza e higiene, roupas e calçados, material escolar, brinquedos e tudo que for doado de bom grado. As visitações e atividades com as crianças são sempre bem-vindas, também. Para visitas individuais não há a necessidade de ligar marcando, mas para a ida em grupo para fazer gincanas, atividades ou lanches com as crianças, basta ligar antes para agendar. O horário de visita é de 9h às 11h e de 14h às 16h30, durante a semana.

Endereço: Rua Carvalho Júnior, 505 – Corrêas

Telefone: (24) 2221-2504

2. Casa da Criança Antônio de Pádua

Foto Ilustrativa/Pinterest

É uma instituição beneficente que visa o bem-estar e educar crianças com risco social. A Casa abriga, hoje, apenas cinco jovens com idades que variam de 6 a 17 anos.

  • Como ajudar?

Toda ajuda é válida: visitações, gincanas, atividades de leitura, música, doações de material escolar, de limpeza e higiene, remédios, roupas, sapatos, meias e brinquedos. Lembrando que para fazer visitações ou qualquer tipo de atividade com os jovens, deve-se ligar agendando. Durante as férias, quando eles não têm atividades escolares e extracurriculares, o horário de visitação de 2ª feira a 6ª feira é de 13h às 17h, e nos finais de semana é de 14h às 17h.

Endereço: Rua Teresa, 1062 – Alto da Serra

Telefone: (24) 2242-4694 / (24) 2231-6363

3. Lar do Idoso Nossa Senhora Aparecida 

Foto Ilustrativa/Pinterest

É uma instituição privada de longa permanência para idosos que abriga 24 pessoas sob os cuidados de profissionais da saúde e cuidadores, em geral. São oferecidas psicoterapia, terapia ocupacional, musicoterapia, fisioterapia e tudo que for preciso para melhorar o bem-estar do idoso.

  • Como ajudar?

Apesar do incentivo privado suprir muitas necessidades do Lar do Idoso, a maior carência da instituição são pessoas dispostas para visitar e conversar com os idosos. Portanto, vale bater um papo, distrai-los, ensinar como mexer no celular ou, simplesmente, fazer eles sorrirem. O horário para visitação é de 15h às 16h, todos os dias.

Endereço: Rua Visc. de Souza Franco, 481 – Centro

Telefone: (24) 2235-3925

4. Lar de Idosos Morada do Sol

Foto Ilustrativa/Pinterest

É uma instituição privada de longa permanência para idosos, que está sob os cuidados de uma família dedicada a oferecer conforto, segurança, amor e tudo que for necessário para o bem-estar dos 17 idosos que vivem lá. A casa conta, também, com a ajuda de voluntários e profissionais da saúde desde 2016, quando foi inaugurada.

  • Como ajudar?

A forma de ajudar fica muito a critério da pessoa, pois todo tipo de ajuda é bem-vinda, já que o gasto com os idosos costuma ser muito alto. Vale fazer doações de alimentos, produtos de higiene, limpeza, fraldas geriátricas, remédios, visitações, atividades e eventos. Importante lembrar que para visitações em grupo é preciso ligar antes marcando. A visita pode ser feita todos os dias, de 9h às 17h.

Endereço: Vila Edgar Kuntz, 129 – Valparaíso

Telefone: (24) 2235-7957

5. Casa de Apoio da Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO)

Foto Ilustrativa/Pinterest

A casa tem o objetivo de prestar apoio e assistência aos pacientes oncológicos e familiares, proporcionando melhor qualidade de vida e consequentemente melhor enfrentamento da doença e do tratamento.

  • Como ajudar?

A principal forma de ajudar a APPO é através das doações: alimentos não perecíveis, que são utilizados tanto nas montagens das cestas básicas entregues todo mês aos pacientes, quanto na preparação das refeições da Casa de Apoio; doação de dinheiro, que é arrecadado através do telemarketing, ajudando nas despesas da casa, assim como no salário dos funcionários; doação de roupas ou eletrodomésticos usados, mas em bom estado, que serão vendidos no bazar, realizado uma vez por mês. No caso do voluntariado fixo, os interessados passam por uma avaliação com uma psicóloga e, em seguida, é visto o que a pessoa pode fazer para ajudar. Essa avaliação é necessária para que a pessoa tenha estrutura emocional para lidar com o paciente oncológico. Para conhecer o trabalho da APPO não precisa agendar, mas para fazer atividades com os pacientes é preciso ligar marcando. O horário para visitação é de 9h às 16h, todos os dias.

Endereço: Rua Visconde da Penha, 72 – Centro

Telefone: (24) 2242-0956

6. APAE Petrópolis

Foto Ilustrativa/Pinterest

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais é uma organização filantrópica que atua em todo país com o objetivo de promover a atenção integral à pessoa com deficiência intelectual e múltipla. As Apaes contam principalmente com a mobilização da sociedade (voluntários e apoiadores) para prestar serviços de educação, saúde e assistência social às pessoas excepcionais. Estão sob os cuidados da APAE Petrópolis 135 pessoas, de 1 ano a 58 anos.

  • Como ajudar?

Durante o ano, acontecem diversas festas e eventos que precisam de voluntários, mas para o Natal, especificamente, haverá a festa de final de ano das famílias. E para participar como voluntário, a pessoa precisa ir até a APAE ou ligar para obter mais informações. Se você quiser fazer seu próprio evento ou atividade com um grupo de pessoas, basta ir lá para conversar, ver a viabilidade dele acontecer e agendar uma data. Em relação às doações, a APAE precisa de alimentos, principalmente frutas e legumes, material de higiene e de limpeza e fralda descartável, especialmente para os adultos. O horário para visitação é de 2ª a 6ª feira, de 8h às 16h.

Endereço: Rua Monsenhor Bacelar, 145 – Centro

Telefone: (24) 2237-6018

7. Irmão Animal

Foto Ilustrativa/Pinterest

O Irmão Animal é um grupo de voluntários que atua de forma independente e que adotou a ideia de não trabalhar com abrigos para animais, e sim lares temporários de voluntários. Atualmente, Carla Maduro, responsável e idealizadora do grupo, cuida dos animais idosos e com alguma deficiência, que não foram escolhidos para adoção, em sua própria residência. No geral, são 20 bichinhos sob os cuidados do Amigo Animal.

  • Como ajudar?

Você pode ajudar desde o compartilhamento de uma publicação da página do Facebook (Irmão Animal) a dar um lar temporário para ele, adotá-lo, pagar sua castração ou até mesmo ajudar com a filmagem e a parte de marketing do grupo. Durante os eventos e feiras de adoção, o voluntário poderá apoiar a venda dos itens em barracas, ajudar com os cuidados dos animais, passeio com eles na localidade, etc. Para saber mais é só entrar em contato com a Carla Maduro.

Contato: (24) 99973-8655 / [email protected] / [email protected]

8. Banco de Sangue do Hospital Santa Teresa

Foto Ilustrativa/Pinterest

O Banco de Sangue Santa Teresa é responsável por atender três hospitais credenciados da cidade e da região serrana. São 550 transfusões realizadas por mês, beneficiando centenas de pessoas. Vale ressaltar que a cada doação, você pode salvar até 4 vidas!

  • Como ajudar?

Os voluntários precisam pesar mais de 50 quilos e estar em boas condições de saúde. Não é necessário fazer jejum, mas é preciso esperar 3 horas após o almoço ou a ingestão de alimentos gordurosos. No local, basta apresentar um documento oficial com foto e ter entre 16 e 69 anos (menores de idade precisam de autorização e estar acompanhados por um responsável). É importante lembrar que os interessados não devem ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação e nem terem feito tatuagem e/ou piercing recentemente. Nesse último caso, deve-se aguardar 1 ano após o procedimento, e quem fez endoscopia deverá aguardar 6 meses após a realização do procedimento. O horário de funcionamento do hospital para doação de sangue é de 7h às 18h, todos os dias.

Endereço: Rua Paulino Afonso, 477 – Bingen

Telefone: (24) 2245-2324 / (24) 99269-4355

Conhece mais lugares que precisam de ajuda em Petrópolis? Comente aqui para mais gente ajudar! =)

Continue Reading

Você também vai gostar

Subir