Connect with us

6 formas de ajudar uma pessoa com depressão

Sociedade

6 formas de ajudar uma pessoa com depressão

Uma petropolitana fez um ensaio fotográfico sobre a doença e deu dicas de como ajudar pessoas na mesma situação.

A depressão afeta 11,5 milhões de brasileiros, colocando nosso país em primeiro lugar de prevalência da doença na América Latina. Entre jovens de 15 a 29 anos, o suicídio, geralmente decorrente da depressão, é a segunda maior causa de morte no mundo (dados da Organização Mundial da Saúde – OMS). E mesmo com todos esses números alarmantes, falar sobre depressão ainda é um tabu na sociedade.

Para o médico psiquiatra Eduardo Birman isso acontece porque só sabe o que é depressão quem tem ou já teve. “Para os outros ainda é visto como frescura ou preguiça. O estigma de ter uma doença mental ainda é muito forte e as pessoas acabam tendo vergonha em pedir ajuda. Este preconceito ainda acaba com muitas vidas”, ele explica.

Foi pensando em desmitificar esse assunto e conscientizar os familiares que a petropolitana Laíse Justen, de 27 anos, teve a ideia de procurar o amigo fotógrafo Bruno Soares e fazer um ensaio fotográfico mostrando as fases da depressão. “Senti a necessidade de retratar minha dor para que outras pessoas que passam por isso, de alguma forma, se identificassem e procurassem ajuda”, conta.

O ensaio, que levou o nome “Precisamos Falar sobre a Depressão”, ficou dividido em duas partes: a da doença e a da superação. Laíse, que vem se recuperando da doença desencadeada após a morte do namorado, e Bruno contam que um dos principais objetivos do projeto é ajudar pessoas que passam pelo mesmo problema. E foi pensando nisso que a Laíse listou para gente quais são as principais formas de ajudar alguém que está com depressão.

1. Tenha em mente que depressão é, sim, uma doença.

E não é “frescura” da pessoa.

2. Escute a pessoa, mesmo que ela não queira falar.

No fundo, ninguém quer estar nessa situação; quer ser ajudado.

3. Ajude a pessoa a procurar suporte psiquiátrico e psicológico.

Esses dois profissionais da saúde podem ser essenciais no tratamento da doença.

4. Apoie e lembre a pessoa de como ela é incrível.

Levantar a autoestima dela nesse momento é muito importante.

5. Dê forças para ela, da maneira que for fazê-la se sentir melhor.

Seja através de um abraço, de uma visita, de uma ligação. Ela vai estar se sentindo fraca, incapaz e insegura.

6. Respeite o tempo da pessoa.

Não espere uma reposta imediata, pois o tratamento da depressão leva um tempo.

Para a psicóloga e coordenadora do Espaço Gaia, Taísa Chehab, a arte pode contribuir fortemente nesse processo de recuperação. “A importância de se utilizar do adoecimento para fazer arte, nesse caso a fotografia, é potente e renovador. É como se conseguíssemos tocar nessa matéria bruta da dor para que possamos fazer algo disso. Transmutar a dor em arte, transmutar a dor numa alegria que nos faça mover e caminhar por um caminho em que possamos nos reconhecer (…)”, explica.

Para ver o ensaio fotográfico completo da Laíse acesse a página do Fotógrafo Bruno Ferreira Soares.

Continue Reading

Você também vai gostar

Mais populares

Nossas Dicas

+ dicas
Subir