Connect with us

Conheça algumas formas de pedir apoio psicológico em Petrópolis durante a pandemia

Cidade

Conheça algumas formas de pedir apoio psicológico em Petrópolis durante a pandemia

Dos atendimentos da prefeitura aos serviços de psicologia aplicada das universidades da cidade

Momento de incertezas, se tem, por outro lado, uma certeza que a pandemia trouxe é que muitos de nós têm tido que lidar com o desequilíbrio emocional. Delicado e capaz de nos deixar fragilizados, o período é de pedir ajudar psicológica. Pensando nisso, a Sou Petrópolis reuniu numa lista alguns canais que oferecem apoio psicológico na cidade.

Foto: Reprodução Internet

Serviços gratuitos da Prefeitura

Os atendimento aos pacientes com distúrbios psicológicos e psiquiátricos, em geral, e a àqueles que apresentam repertório de ideação suicida no município é realizado pela Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). Os atendimentos de urgência e emergência psiquiátrica são realizados no HMNSE, durante 24 horas em regime de plantão (Hospital Municipal Nelson de Sá Earp). Neste local são atendidos quadros graves com necessidade de um maior tempo de estabilização dos pacientes.

Foto Divulgação HMNSE

O município também possui outras unidades de atendimento psicossocial que integram a RAPS, sendo estas: Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS AD III), CAPSi Infanto-juvenil e outros dois CAPS Nise da Silveira no Centro e outro Caps Núbia Helena, em Itaipava. A rede conta, ainda, com dois ambulatórios de Especialidades em Saúde Mental, um no Centro e outro em Itaipava.

As Unidades Assistenciais que compõem a Rede de Atenção Psicossocial contam com médicos, psicólogos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, assistentes sociais, capacitados para atender pacientes com transtorno depressivo nos graus leve, moderado e grave com e sem sintomas psicóticos, quadros de ansiedade, dentre outros transtornos mentais.

Os Postos de Saúde da Família e demais unidades de saúde realizam atendimentos para a população em geral e, no caso de identificação de quadros psiquiátricos com sintomas de depressão e intenção suicida, são direcionados para os atendimentos especializados.

Lembrando que as Unidades do Departamento de Saúde Mental não sofreram paralisação durante a pandemia. Em caso de necessidade, a população pode buscar as seguintes unidades no município:

– CAPS Nise – Rua Sete de Abril nº 374. Centro. Telefone: 2246-9064
– CAPSI Infanto Juvenil – Rua Marechal Floriano Peixoto nº 418, Centro – Telefone: 2247-6893
– CAPS Núbia Helena – Estrada União e Indústria nº 15.015, Itaipava. Telefone: 2237-3904
– CAPS Ad Fênix – Rua Monsenhor Bacelar nº 492. Centro. Telefone: 2246-9198
– Urgência Psiquiátrica – Hospital Municipal Dr. Nelson de Sá Earp. Rua Dr. Paulino Afonso, 455. Telefone: 2237-4062.
– Ambulatório Central de Saúde Mental – Rua Dom Pedro nº 185. Centro. Telefone: 2231-6545

Serviços de universidades abertos à população

Serviço Psicologia Aplicada da Estácio Petrópolis

O Serviço de Psicologia Aplicada (SPA) é uma clínica-escola da Universidade Estácio de Sá que tem como objetivo oferecer atendimento psicológico gratuito para à população petropolitana, abrangendo como público-alvo crianças, adolescentes e adultos. O acompanhamento psicoterápico é realizado de forma individual por estudantes dos últimos anos do curso de Psicologia, com orientação das psicólogas que supervisionam as equipes de estágio.

Foto: Divulgação

Os atendimentos são realizados presencialmente na Universidade Estácio de Sá mediante agendamento pelo telefone 2233 5548.

Endereço: R. Bingen, 50 – Bingen, Petrópolis

Serviço de Psicologia Aplicada (SPA) no Ambulatório Escola da UNIFASE

O Serviço de Psicologia Aplicada é um espaço recém-inaugurado destinado à realização dos estágios curriculares específicos do curso de Psicologia da UNIFASE, onde a população terá acesso aos serviços de atendimentos clínicos, avaliação psicológica, serviços em psicologia educacional, serviços em psicologia organizacional e do trabalho, serviços em prevenção e promoção da saúde, pesquisa acadêmica aplicada e plantão psicológico.

Foto: Divulgação

Os serviços oferecidos no SPA (Serviço de Psicologia Aplicada) estão disponíveis tanto para demandas públicas, através de convênio com o SUS, quanto para demandas privadas, atendidas a preços populares. Os interessados devem entrar em contato com o Ambulatório Escola: (24) 2235-2224.

Endereço: R. Hyvio Naliato, 899 – Cascatinha

Saiba mais aqui: Universidade de Petrópolis inaugura espaço para atendimento psicológico em meio à pandemia

Serviço Psicologia Aplicada da UCP

O Serviço de Psicologia Aplicada permite que os alunos do curso de Psicologia ponham em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula. Supervisionados pelos professores, eles acompanham e realizam atendimentos nas áreas de Psicologia Clínica, Psicologia Escolar e Psicologia Empresarial. O trabalho estende-se também a projetos sociais desenvolvidos pela Universidade Católica de Petrópolis. O SPA garante atendimento, em média, a  mais de 600 pacientes por ano.

Foto: Divulgação

Contato e cadastro pré-atendimento: ligando ou através do WhatsApp (24) 2220-9600.

*Durante a pandemia os atendimentos têm sido online.

Bônus:

Projeto ‘Calma nessa Hora’

Pesquisadores de universidades do Brasil — incluindo a UCP, em Petrópolis —, Suíça e Argentina se uniram para desenvolver tecnologias em saúde e apoio às pessoas em confinamento pela pandemia da Covid-19 e prevenção a problemas decorrentes desse contexto. Para isso, criaram o site Calma Nessa Hora, que visa prestar acolhimento gratuito para quem possa estar passando por situações difíceis de estresse e ansiedade em razão do quadro geral.

Instagram: @projetomuitacalmanessahora
Sitewww.calmanessahora.com.br
Plataforma de chat: tawk.to/
Emailcomunicacao.mcnh@gmail.com

Centro de Valorização da Vida

O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias.

Informações sobre o atendimento pelo número 188 ou então pelo site https://www.cvv.org.br/

Como identificar se uma pessoa precisa de ajuda psiquiátrica e psicológica?

O psiquiatra Eduardo Birman explica que todos os médicos e familiares devem ficar atentos a alguns sinais de comportamento da pessoa que está com pensamentos suicidas. São eles:

  • A mudança de comportamento;
  • Providências para deixar a vida organizada;
  • Labilidade emocional (choro fácil);
  • Histórico familiar positivo para quadros psiquiátricos;
  • Tentativas prévias de suicídio;
  • Falta de suporte afetivo e social, entre outros.

Saiba mais:

Conhece mais algum canal ou projeto que ofereça apoio emocional? Divide com a gente!

Continue Reading

Você também vai gostar

Subir