Connect with us

14 fatos sobre a fundação de Petrópolis que talvez você não saiba

História

14 fatos sobre a fundação de Petrópolis que talvez você não saiba

Do descobrimento da Serra da Estrela à fundação de Petrópolis

Que no dia 16 de março é comemorada a fundação de Petrópolis, você já sabe. Mas você já parou para pesquisar como se deu o processo de formação da nossa cidade? Preparamos essa matéria com a ajuda da historiadora Claudia Costa e o resultado você confere abaixo.

1. Um pedaço de terra desconhecido

A Serra da Estrela, onde fica Petrópolis, só foi realmente explorada 200 anos após o descobrimento do Brasil, devido ao enorme paredão montanhoso de mais de 1000 metros de altura que tinha que se ultrapassar para chegar até aqui.

Pintura feita avistando o paredão de rocha da Serra da Estrela / Foto: riodasostrasinfocus.blogspot.com.br/

2. Povoação de índios

A Serra era povoada por índios, até então. Ali não havia uma cidade formada nem atividade econômica, tudo isso ainda estava por vir.

Foto Arquivo Público

3. O Caminho Novo

Até que foram descobertas minas de ouro em Minas Gerais e em 1704 foi construído o “Caminho Novo”, também conhecido por “Caminho do Ouro”, ligando RJ a MG, passando pelas terras onde hoje é Petrópolis.

Mapa do Caminho Novo / Foto Arquivo Público

4. A chegada de Dom Pedro I

Contudo, foi somente em 1822, quando Dom Pedro I pernoitou na fazenda do Padre Corrêa, no Córrego Seco, onde hoje é Corrêas, que a região começou a ganhar alguma importância. Ele ficou encantado com a Mata Atlântica e com o clima ameno da região serrana, que lembrava o da Europa.

Foto Arquivo Público

O caminho passava por onde hoje é o bairro Quissamã e para chegar a Corrêas eles passavam pela estrada até hoje chamada de Estrada Mineira.

5. Início dos laços de amor entre Família Imperial e Petrópolis

Desde a primeira vez que se hospedou na fazenda do Pe. Corrêa, Dom Pedro I desejou adquirir terras na região para o tratamento da saúde de sua filha, Princesa Dona Paula Mariana, de 5 anos, que sofria de problemas respiratórios, e se sentiu bem melhor na primeira vez que se hospedou aqui.

Foto Arquivo Público

6. Fazenda do Córrego Seco

Na impossibilidade de comprar a fazenda do padre, Dom Pedro I adquiriu a fazenda vizinha a dele, em 1830, chamada de Fazenda do Córrego Seco.

Fazenda do Córrego Seco / Foto Arquivo Público

Dom Pedro também comprou terras no Alto da Serra, Quitandinha e Retiro, expandindo a sua fazenda.

7. Abdicação e morte

Apesar de ter desenvolvido o projeto de um palácio para a região, ele não saiu do papel, pois em 07 de abril de 1831, Dom Pedro I foi obrigado a abdicar do trono no Brasil e voltar para Portugal, que estava em crise. Apenas três anos após sua volta à Europa, ele morreu de tuberculose (em 1834), deixando o trono para Dom Pedro II.

Foto Arquivo Público

8. A posse de Dom Pedro II

Dom Pedro II se tornou Imperador do Brasil com apenas 5 anos de idade. Mas como era muito jovem para governar, uma regência assumiu o poder até a sua maioridade, que teve que ser adiantada para os 14 anos devido a conflitos entre facções políticas e rebeliões.

Foto Arquivo Público

9. Palácio de veraneio

Naturalmente, Dom Pedro II herdou as terras que seu pai havia comprado na Serra da Estrela e seguindo a sugestão de Paulo Barbosa da Silva, mordomo da Casa Imperial, retomou os planos de Dom Pedro I e construiu um Palácio de Verão na região.

Palácio Imperial, 1860 / Foto: Instituto Moreira Salles

O Palácio de veraneio é onde se encontra, hoje, o Museu Imperial.

10. Serra Velha e o início da povoação

O Mordomo Paulo Barbosa incumbiu o engenheiro Júlio Frederico Koeler de construir uma estrada para a Serra que permitisse a passagem de carruagens, uma vez que o Caminho Novo era apenas para mulas e cavalos.

Carruagem utilizada por Dom Pedro II e sua família, em exposição no Museu Imperial / Foto: Arquivos Sou Petrópolis

Hoje essa estrada é conhecida como “Serra Velha” ou “Calçada de Pedra”.

11. Início do processo de substituição do trabalho escravo pelo trabalho livre

Paralelo a isso, o trabalho escravo começou a ser substituído pelo trabalho livre, dando início ao processo de povoação.

Praça da Liberdade, onde antigamente havia um pelourinho em que os escravos eram castigados / Foto: Arquivo Público

Lembrando que a abolição definitiva em todo Brasil só ocorreu com a Lei Áurea, oficialmente Lei Imperial n.º 3.353, sancionada em 13 de maio de 1888.

12. 16 de março: o dia da fundação

O destino da futura cidade de Petrópolis foi selado no dia 16 de março de 1843, quando Dom Pedro II, que estava com 18 anos e recém-casado com Da. Teresa Cristina, assinou o Decreto nº 155, autorizando o mordomo Paulo Barbosa a arrendar a Fazenda do Córrego Seco ao major Frederico Koeler para fundação de uma povoação e exigindo a construção do Palácio Imperial, a criação de Quarteirões Imperiais, de uma Igreja e de um cemitério. Tais exigências eram essenciais para a fundação de uma cidade.

Foto Acervo Digital do Museu Imperial

O Major Júlio Frederico Koeler, ao projetar Petrópolis, reservou um terreno para a construção de uma Igreja Católica, que anos depois se tornaria a atual Catedral São Pedro de Alcântara.

13. A influência do major Júlio Frederico Koeler

Koeler criou um plano para a urbanização de Petrópolis com ruas ao longo dos rios, diferente de como era feito em Portugal, onde os rios passavam sempre por trás das casas, por servirem de esgoto.

Foto Acervo Digital do Museu Imperial

Koeler já se preocupava com o meio ambiente e alertava para a preservação ambiental das encostas como forma de prevenir enchentes.

14. A chegada dos colonos

Os colonos alemães começaram a chegar em Petrópolis a partir de 1845. Além dos alemães, Petrópolis recebeu portugueses, que se dedicavam ao comércio; franceses, que vieram aos poucos e se dividiam entre o ramo alimentício e a jardinagem; os italianos, que trabalhavam principalmente na Companhia Petropolitana de Tecidos; e ingleses, que se destacavam na hotelaria e transportes.

Família de colonos alemãs em Petrópolis / Foto Acervo Digital do Museu Imperial

Já conhecia a história da fundação de Petrópolis? Conta pra gente! =)

Continue Reading

Você também vai gostar

Mais populares

Nossas Dicas

+ dicas
Subir